Doutorado em Administração

Conferir

O Programa

PPGA - Programa de Pós-Graduacão em Administração

1 - Apresentação



O Programa de Pós-Graduação em Administração – PPGA da USCS é composto por:

Atualmente, o Programa de Pós-Graduação em Administração está avaliado pela Capes com NOTA 4.

Um dos primeiros cursos de graduação em Administração da região do Grande ABC foi desta Autarquia Municipal. O curso teve início em 1968, juntamente com a fundação do Instituto Municipal de Ensino Superior de São Caetano do Sul - IMES, que em 2016 completou 48 anos de existência, sob a denominação de Universidade Municipal de São Caetano do Sul - USCS, desde 2008.

A trajetória da Instituição na Pós-graduação deu-se a partir de 1983, com a criação do CEAPOG - Centro de Estudos e Aperfeiçoamento de Pós-Graduação - que, posteriormente, transformou-se numa Coordenação de Cursos de Especialização em Administração.

Consciente de seu papel regional, em 1998 a Instituição decidiu criar o Programa de Mestrado em Administração, com o intuito de contribuir com o aperfeiçoamento e qualificação de recursos humanos para a docência na região. Em 2003, o Programa obteve a recomendação da Comissão de Área da CAPES e, em 2004, o reconhecimento do CNE - Conselho Nacional de Educação, seguindo a diretriz da consolidação do Programa de Pós-graduação em Administração - PPGA, Em 2009, a Instituição obteve a recomendação pela CAPES do Programa de Doutorado em Administração, reconhecido pelo Ministério da Educação - MEC em agosto de 2010.

Além do reconhecimento desse importante órgão avaliador nacional, a consolidação do PPGA-USCS pode ser notada, também, a partir dos mestres e doutores por ele titulados, bem como por sua significativa produção científica, gerada ao longo de seus anos de existência.


2.0 - Histórico e Contextualização do Programa



O texto a seguir apresenta uma breve retrospectiva do PPGA da USCS, indo desde sua criação até os dias atuais.


2.1 Surgimento do Imes e sua importância para região



A USCS – Universidade Municipal de São Caetano do Sul é uma autarquia municipal que possui forte tradição na região do ABC Paulista. O primeiro curso de graduação em Administração da região foi criado em 1968, na fundação do então chamado Instituto Municipal de Ensino Superior de São Caetano do Sul - IMES. Decorridos 15 anos da fundação, criou-se o CEAPOG - Centro de Estudos e Aperfeiçoamento de Pós-Graduação que, posteriormente, transformou-se numa Coordenação de Cursos de Especialização em Administração, atualmente Diretoria de Cursos de Pós-graduação Lato Sensu, em atuação inclusive no novo Campus, localizado na Av. Goiás, desde 2016.


2.2 Criação do Stricto Sensu



Em 1998, a instituição decidiu criar o Programa de Mestrado em Administração, com o intuito de contribuir com o aperfeiçoamento e qualificação de recursos humanos para a docência na região. A região do Grande ABC paulista, composta por sete municípios (Santo André, São Bernardo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), passou por transformações significativas em sua estrutura econômica, nas décadas de 1980 e 1990, em decorrência das transformações produtivas, especialmente a questão da produção enxuta, experimentadas por diversas regiões industrializadas do mundo. O processo iniciado na Região do Grande ABC principalmente pelo setor automobilístico, foi disseminado para outros setores industriais da região rapidamente. Essa questão, a qual estava inserida num cenário de avanço da globalização, contribuiu para uma ampla reestruturação da gestão das organizações, seja na gestão da produção, na gestão de pessoas, na gestão de recursos materiais e financeiros, seja na forma de relacionamento com outras organizações, seja, ainda, na gestão das políticas e programas públicos e, mais amplamente, na discussão do desenvolvimento local/regional com os diferentes atores presentes no território, em atuações a partir de Redes Organizacionais.

Os focos de discussão pelos atores locais voltavam-se para a busca de um padrão superior de competitividade regional, a partir de novos contornos do desenvolvimento sustentável, os quais incluíam o empreendedorismo, a inovação, as redes organizacionais, em seus diferentes formatos, a organização, inclusão e participação social. Os estudos realizados pela equipe que elaborou o projeto do Programa de Mestrado em Administração do Imes (atualmente USCS) levaram à formulação da proposta que buscou explicitar de um lado a cultura empreendedora da Região e de outro a consciência regional, a identidade regional que permeara a sua história. É fundamental registrar que a Região do Grande ABC sempre fora termômetro de fatos sociais no País, em função de sua característica precursora dessas ocorrências.

Nesse sentido, a Proposta do Programa de Pós-graduação em Administração incorporou o tema Regionalidade em sua área de concentração, em paralelo ao tema Gestão. Os estudos buscariam contemplar a questão da gestão das e nas organizações, da mesma forma como atentariam para a "consciência regional" e a "identidade regional" no contexto das pesquisas em Administração. Considerou-se a proposta inovadora, pois não havia nenhum programa com este olhar na área de ACT. Além disso, a proposta promovia interdisciplinaridade, pois buscava dialogar com área de Planejamento Urbano e Regional, Administração Pública, Geografia, Economia, Educação e outras. O tempo tem revelado o acerto da opção do Programa, visto que a vocação da Região tem sido reafirmada por diferentes experiências de cunho regional, como o Fórum da Cidadania do Grande ABC, a Câmara Regional do Grande ABC, o Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e a Agência para o Desenvolvimento Regional do Grande ABC. Em 2003, o Programa obteve a recomendação da Comissão de Área da CAPES e, em 2004, o reconhecimento do CNE – Conselho Nacional de Educação, não obstante tem-se expandido para estudos relacionados a regionalidade em outras partes do País e em âmbito internacional.

2.3 Evolução do Programa

O Programa de Mestrado em Administração (PMA) do Imes (atualmente USCS) possuía originalmente duas linhas de Pesquisa: L1 Gestão para o Desenvolvimento da Regionalidade e L2 Gestão Organizacional. O PMA Imes se propunha também, desde sua criação, a estudar a questão da Inovação, a qual estava inserida orginalmente na L1. No ano de 2005, a Revista Imes Administração, que era produzida desde 1983, foi reformulada e ganhou o nome de Gestão & Regionalidade (G&R), caracterizando-se assim seu alinhamento com a área de concentração do PMA. A G&R foi classificada inicialmente como B5 no sistema qualis, tendo alcançado o nível B1 em 2012. Na reclassificação efetuada em 2015 pela Capes a G&R passou a ser classificada como B2, estrato que se manteve na avaliação Capes de 2016. No Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) de 2006 já se previa evolução da pós-graduação, buscando-se a criação do Curso de Doutorado em Administração, e de programas Stricto Sensu em outras áreas. O corpo docente do PMA foi ampliado e foi criada uma terceira linha de pesquisa, denominada Redes Organizacionais, aderente ao tema da Gestão e ao tema da Regionalidade. Em 2009 ocorreu a recomendação pela CAPES do Programa de Doutorado em Administração da USCS. Desde então, o PPGA-USCS tem alunos de diversos Estados do Brasil, além de São Paulo (Roraima, Piauí, Pará, Alagoas, Ceará, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul), bem como obteve, em 2014, aprovação da CAPES para realização de Doutorado Insterinstitucional para o período 2015-2017 com a Faculdade Meridional – IMED, de Passo Fundo (RS). Em agosto de 2014, tomou posse na Coordenação do PPGA, o Prof. Dr. Marco Antonio Pinheiro da Silveira, integrante do programa desde 2002, substituindo a Profa. Dra. Raquel da Silva Pereira, que desempenhou esta função durante 3,5 anos tendo solicitado seu afastamento para intensificar sua atuação nos trabalhos de pesquisa e disseminação de sua produção acadêmica, embora tenha permanecido responsável pela gestão do Doutorado Interinstitucional com o IMED. Em 2016 a Profa. Dra. Raquel da Silva Pereira voltou a coordenador o Programa e permanece até os dias atuais.

Pode-se considerar que o PPGA-USCS vive um período de muita fecundidade e que o clima organizacional existente é bastante positivo, haja vista a permanência da maioria dos docentes por longo período no Programa.

Fechar

Área de Concentração e Linhas de Pesquisa




A área de concentração do PPGA é Gestão e Regionalidade, contando com três linhas de pesquisa:


Linhas de Pesquisa e Projetos



O Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Administração tem como área de concentração o conjunto de saberes relacionados à Gestão e Regionalidade e é constituído por três Linhas de Pesquisas:

1 - Gestão para o Desenvolvimento e Regionalidade;

2 - Gestão Organizacional;

3 - Redes Organizacionais e Inovação.

Em cada uma delas são desenvolvidos trabalhos que convergem para o objetivo central do Programa de Pós-graduação em Administração da USCS, constituído inicialmente para “contribuir com o aperfeiçoamento e qualificação de recursos humanos para a docência na região”. No quadriênio 2013 - 2016, os projetos ampliaram o seu escopo de investigação, visando oferecer contribuições efetivas em três direções: econômica, social e intelectual, mantendo-se a concentração em Gestão e Regionalidade, mas considerando-se que os conceitos de região e regionalidade, inicialmente pensados para o Grande ABC paulista, ganharam contornos nacionais, sendo a região representada pela pesquisa de campo realizada em diversos estados da Federação e contornos internacionais, com pesquisas em outras regiões para além do Brasil.

Como resultado da convergência das pesquisas para às áreas temáticas de Gestão e Regionalidade, são destacados a seguir os objetivos e projetos de cada linha de pesquisa, observando-se a situação atual do Programa.


L1: Gestão para o Desenvolvimento e Regionalidade



Esta Linha de Pesquisa reúne trabalhos sobre gestão para o desenvolvimento sustentável e prioriza temas relacionados às políticas públicas, empresas, segmentos da sociedade civil e outras organizações, que se articulam para o estudo dos fenômenos regionais, contribuindo para o fortalecimento da consciência regional.

As pesquisas desenvolvidas no PPGA-USCS envolvem os setores privado, público e terceiro setor, no contexto multidimensional da gestão: estratégias, políticas, estrutura, pessoas, processos, sistemas, redes de negócios, sustentabilidade, inovação e resultado/desempenho, em total coerência entre a proposta do projeto, as disciplinas ministradas e as pesquisas desenvolvidas. Os aspectos relativos à regionalidade, entendida como identidade regional, envolvem as dimensões: administrativa, econômica, ambiental, política, social, educacional, cultural e geográfica. Envolvem, ainda, questões acerca de regiões e territórios.

A Linha 1: Gestão para o Desenvolvimento e Regionalidade passou a contar em 2015 com 4 docentes permanentes, sendo 3 em Tempo Integral e um em dedicação em Tempo Parcial, os quais se mantiveram em 2016:

- Prof. Dr. Leandro Campi Prearo

- Prof. Dr. Luis Paulo Bresciani

- Prof. Dr. Maria do Carmo Romeiro

- Profa. Dra. Raquel da Silva Pereira

As pesquisas desenvolvidas nesta linha tratam de gestão para o desenvolvimento sustentável e priorizam temas relacionados às políticas públicas, empresas, segmentos da sociedade civil e outras organizações, que se articulam para o estudo dos fenômenos regionais, contribuindo para o fortalecimento da consciência e da identidade regional.

Os Eixos Temáticos tratados pela Linha de Pesquisa 1 são: Gestão de Políticas e Ações Regionais; Atuação dos Conselhos Gestores; Processos de Regionalização de Serviços; Organizações do Terceiro Setor; Políticas Intergovernamentais; Parcerias Público- Privadas; Educação, Gestão Educacional e Regionalidade; Gestão para o Desenvolvimento Sustentável; Gestão Ambiental; Educação e Responsabilidade Socioambiental.

A Linha 2: Gestão Organizacional, contou em 2016 com 6 docentes, sendo 4 permanentes, com dedicação Tempo Integral (40h) e 2 colaboradores com dedicação de Tempo Parcial (20h):

- Prof. Dr. Antonio Carlos Gil

- Prof. Dr. Edson Keyso de Miranda Kubo

- Prof. Dr. Eduardo de Camargo Oliva

- Prof. Dr. Sergio Feliciano Crispim

- Prof. Dr. Silvio Minciotti

Esta Linha reúne pesquisas com ênfase em gestão estratégica das organizações e suas áreas funcionais, bem como nos estudos organizacionais contemporâneos.

Os Eixos Temáticos da Linha de Pesquisa 2 são: Gestão de Pessoas; Educação Corporativa; Estratégias; Políticas; Modelos e Indicadores em Gestão de Pessoas; Recrutamento e Seleção; Avaliação de Resultados; Remuneração, Treinamento e Desenvolvimento; Marketing; Comportamento do Consumidor; Aplicações não Convencionais de Marketing; Marketing de Serviços; Marketing Industrial; Estratégias das Organizações; Transformação e Mudanças nas Organizações; Gestão Estratégica; Competitividade Empresarial e Atratividade Setorial; Governança das Organizações; Atuação dos Conselhos Gestores; Finanças; Estratégia Financeira; Gestão de Riscos; Mercado de Capitais; Estudos Organizacionais; Clima e Cultura Organizacional; Gestão Intercultural; Internacionalização; Ética; Identidade Organizacional; Diversidade; Liderança; Conflitos; Comprometimento Organizacional.

A Linha 3: Redes Organizacionais e Inovação conta com 4 (quatro) docentes permanentes e 1 (um) docente colaborador, em tempo parcial.

- Prof. Dr. Denis Donaire

- Profa. Dra. Isabel Cristina dos Santos

- Prof. Dr. João Batista Pamplona

- Prof. Dr. Marco Antonio Pinheiro da Silveira

- Prof. Dr. Milton Carlos Farina

A Linha de Pesquisa 3 é composta pelos eixos temáticos: Redes de Organizacionais; Estratégia e Competitividade em Redes; Governança e Controles Gerenciais em Redes; Sustentabilidade em Operações de Redes; Gestão Econômico-Financeira de Redes; Tipologia de Redes; Análise e Mensuração de Redes; Tecnologia da Informação e Comunicação em Redes; Gestão do Conhecimento e Inovação em Redes; Aprendizagem em Ambientes de Redes; Relacionamentos Interorganizacionais; Marketing Interinstitucional; Redes Sociais; Inovação e Território; Sistemas de Inovação; Políticas de Inovação; Financiamento à Inovação; Inovações Organizacionais; Fontes de Inovação Tecnológica; Estratégias de Inovação Empresarial; Novas Fronteiras Tecnológicas e Desempenho Setorial; Inovação e Competitividade Nacional; Transferência Tecnológica; Modelos e Trajetórias de Inovação; Inovação em Setores Estratégicos.


Objetivo Geral



O PPGA da USCS objetiva formar docentes e pesquisadores com elevada qualificação para ensinar, produzir e publicar pesquisas que contribuam para o desenvolvimento acadêmico das áreas de Gestão e Regionalidade e para a evolução da sociedade, por meio de sua disseminação em canais de divulgação científicos – como periódicos e eventos, em outros canais não científicos de comunicação impressa e eletrônica, bem como por meio da realização de atividades de inserção social e solidariedade, de internacionalização da produção docente e discente.


2.2 Objetivos Específicos



2.2.1 Transferir e debater conhecimentos acadêmicos com base em uma matriz curricular integrada composta por temas estruturantes e de fronteira e em um quadro de docentes experientes e reconhecidos, inclusive na graduação e no Ensino Fundamental e Médio. (ENSINO).

2.2.2 Criar condições para a produção de novos conhecimentos por meio do desenvolvimento de pesquisas e publicações de impacto significativo, de infraestrutura física adequada, de integração com organizações nacionais e internacionais de ensino, do fortalecimento de vínculos com agências públicas de fomento, da organização e participação em eventos e cooperação solidária com outros programas de pós-graduação, tanto locais como de outras regiões. (PESQUISA).

2.2.3 Produzir e disseminar resultados de pesquisas que contribuam efetivamente para o desenvolvimento de organizações privadas, públicas e do terceiro setor que estimulem iniciativas derivadas da “identidade regional” com base nas linhas de pesquisa sobre Gestão para o Desenvolvimento e Regionalidade, Gestão Organizacional, Redes Organizacionais e Inovação. (CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE)

2.2.4 Aplicar os resultados das pesquisas como contribuição efetiva para a sociedade – organizações púbicas e não governamentais, organizações da educação básica e do ensino superior, organizações de saúde, organizações do setor produtivo por meio de atividades de extensão/inserção social.


3 Estrutura Curricular



A estrutura curricular do Programa de Pós-graduação em Administração mantém as características da época em que o Mestrado e o Doutorado foram aprovados, mas a partir deste quadriênio 2013-2016 com foco na internacionalização. Algumas atualizações e adequações foram realizadas para que o Programa pudesse estar mais alinhado às evoluções percebidas na área acadêmica e no mercado, observando-se, sempre, as diretrizes propostas pela CAPES para os Programas de Stricto em ACT, ou seja, mantém características iniciais, mas atualiza seus conteúdos anualmente. Em 2016 foram ofertadas duas disciplinas ministradas na língua inglesa, conforme se verá adiante e outras duas estão sendo elaboradas para serem ministradas no próximo quadriênio.

PDF com as disciplinas do PPGA.

Fechar

Coordenação




Eduardo de Camargo Oliva

Eduardo de Camargo Oliva

Mestre em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil. Doutor e Pós-doutor em Administração pela Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

Fechar
Fechar

Corpo Docente



Docentes

Credenciamento, Recredenciamento e
Descredenciamento Docente

Fechar
Fechar
Fechar
Fechar

Notícias e Vídeos




Todas as notícias do PPGA

Fechar



Olá egresso do PPGA/USCS!

Damos boas-vindas a você que já concluiu seu curso de mestrado ou doutorado conosco.

Esta página é uma iniciativa desenvolvida para aproximação dos nossos ex-alunos entre si, com os professores do Programa e com a USCS. Pretendemos que este seja um espaço constituído para estimular o desenvolvimento da comunidade acadêmica, além de nutrirmos o sentimento de pertencimento ao PPGA/USCS.

Afinal, uma vez PPGA/USCS, sempre PPGA/USCS!

Este é mais um canal de comunicação para a manutenção do relacionamento estabelecido ao longo do seu curso, contribuindo para a troca de conhecimentos entre o PPGA/USCS e seus egressos, além de viabilizar uma rede de relacionamentos qualificada.

Assim, ex-alunos podem dar visibilidade a projetos que estejam desenvolvendo, propor atividades, eventos ou grupos de discussão em torno de temas de interesse da comunidade acadêmica, além de compartilhar sua trajetória profissional com possíveis candidatos ao Stricto Sensu e que desejam conhecer a experiência de profissionais titulados pelo Programa.


Missão




Construir uma comunidade de produção e articulação de conhecimento que promova a diferenciação acadêmica e profissional por meio da atuação transformadora e de relações socialmente responsáveis entre discentes, docentes, egressos e a comunidade.


Objetivos




Clique aqui para acessar o PDF com as informações sobre os egressos do PPGA/USCS.


Perfil do Egresso



A proposta do PPGA-USCS foca a formação de um cidadão com visão de coletividade, um profissional que deve atuar na academia, na formação de novos administradores, de profissionais com visão humanista, com conhecimentos específicos das áreas de Gestão Organizacional, seja no primeiro, no segundo ou no terceiro setor, Gestão de Pessoas, Gestão da Produção, Gestão Financeira, Gestão Mercadológica, Gestão de Modelos de Negócios bem como espera-se que o egresso seja formado com conhecimentos em assuntos estratégicos que envolvam sustentabilidade socioambiental, desenvolvimento regional, empreendedorismo, atuação em redes, em busca de inovação que possa agregar valor ao país. O egresso do Mestrado Acadêmico em Administração da USCS deve estar preparado para uma atuação docente inovadora, que considere a utilização de metodologias ativas e que exercite a didática em consonância com o mundo contemporâneo, globalizado, informatizado e em rede. Esse pesquisador estará preparado para realizar pesquisas de porte e amplitude, sobretudo voltadas para a Gestão e suas interfaces com a Regionalidade, com vistas a intervenções que possam trazer benefícios à sociedade. O egresso do Doutorado em Administração da USCS deverá, assim como o egresso do Mestrado, ser um professor pesquisador capaz de atuar por meio do ensino, da pesquisa e da extensão, a partir da visão de interfaces entre Gestão e Regionalidade e com foco em proposições que efetivamente possam gerar impactos sociais.

O PPGA-USCS trabalha para que o Doutor em Administração desenvolva competências e habilidades que favoreçam sua participação em ações transformadoras que auxiliem o desenvolvimento sustentável do país, com atuação ética e transparente, tais como exercício da docência com constante interação com a comunidade inclusive por meio de visitas técnicas, recepção de profissionais do mercado para discussão com alunos, palestras, pesquisas, monografias, TCCs e outras - envolvendo organizações do setor empresarial, setor educacional, setor público e outras do terceiro setor. Para isso, registre-se que o PPGA tem desenvolvido atividades para que o aprendizado obtido no stricto sensu transborde para os setores produtivos privado, público e terceiro setor na forma de produtos derivados das pesquisas desenvolvidas no Programa, o que é feito por meio da realização de eventos/encontros para a apresentação dos resultados das pesquisas e de atendimento a demandas de serviços técnicos solicitados ao PPGA USCS, incluindo atividades junto ao Inpes.

Fechar

Bolsas

Programa de Bolsas Capes – Demanda Social

Contemplados


Discentes Doutorado em Administração Processo Seletivo
Aline Crespo dos Reis Neto Junho/2016

Bolsas de Pesquisa (USCS)



Contemplados


Turma 2017/1 - 100%
Daniela Del Lama
José Wilton Fonseca da Silva
Turma 2017/1 - Bolsa PIAUI
André Ximenes de Melo
Flavio Gálio Araujo Dutra
Rodrigo Santos de Melo
Turma 2017/1 - 50%
Álvaro Francisco Fernandes Neto
Antonio Aparecido de Carvalho
Davi de França Berne
Fabio Hiroshi Tomoyose
Marcos Tadeu Braga Dornelles
Rubens Topal de Carvalho Bastos
Turma 2017/2 - 50%
Francisca Maria Cosme Carvalho
Gianni Ricciardi
Jakeline Rodrigues de Aquino Bezerra
Lucivone Maria Peres de Castelo Branco
Ricardo Makoto Kawai
Tânia Márcia de Freitas Montes
Vailson Batista de Freitas
Turma 2016 – Bolsa 100%
Taís Paquotto Andreoli
Sandra Bergamini Leonardo
Sérgio Vinícius Lousada
Váldeson Amaro Lima

Turma 2016 – Bolsa 50%
Esdras da Silva Costa
David Garcia Penof

Turma 2015 – Bolsa PIAUI
Paulo Jordão de Oliveira Cerqueira Fortes
Geordy Souza Pereira

Turma 2015 – Bolsa Funcionário
Douglas Renato Pinheiro
Estela Cristina Bonjardim

Turma 2015 – Bolsa 100%
Aldomar Guimarães dos Santos
Eliana Vileide Guardabassio
Regiane Balestra
Turma 2015 – Bolsa 50%
Ciro Antunes Fernandes
Roberto Padilha Moia
Turma 2014 – Bolsa Funcionário
Alessandra Preto Bitante
Turma 2014 – Bolsa 100%
Francisco M. C. Trigueiro
Joiza Angélica C. S. Andrade
José Valentim I. Pascual
Thiago de Souza Santos
Luciene Ribeiro Dias Pinheiro
Nadson Jaime Ferreira Alves
Turma 2014 – Bolsa 50%
Edilson Helio Santana
Lidiane Campos Britto
Hellen Claudia Donato
Humberto Medrado Gomes Ferreira
Luiz Celso Peretti
Lidiane Campos Britto
Fernando Thiago
Fechar

Mais Informações



Informações na secretaria da Pós-Graduação


Horários de funcionamento: das 8h30 às 12h00, das 13h00 às 17h30 e das 18h30 às 22h00

Tel.: 4227-7820 / 4227-7819 / 4227-7818

E-mail: posstricto@adm.uscs.edu.br

E-mail: mestradoedoutorado@adm.uscs.edu.br

E-mail: ana.silva@adm.uscs.edu.br


Campus Conceição

Rua Conceição, 321 - Santo Antônio - São Caetano do Sul - CEP: 09530-060

Fechar